Com Kate Moss e outros artistas, marcas homenageiam Karl Lagerfeld

Personalidades recriam a vestimenta que o diretor criativo da Chanel, morto em fevereiro, mais venerava: a camisa branca

“Se você me perguntar o que eu gostaria de ter inventado na moda, eu diria a camisa branca”, Karl Lagerfeld afirmou certa vez. “É a base de tudo. Todo o resto vem depois da camisa branca”.

Sete meses depois da morte do celebrado diretor criativo da Chanel e da Fendi, aos 85 anos, a maison que leva seu nome faz uma dupla homenagem, ao fundador e à peça de roupa que ele mais venerava.

A grife convidou personalidades como a atriz Cara Delevingne, a modelo Kate Moss, o artista plástico Takashi Murakami e o estilista Tommy Hilfiger para recriar o item da forma que quisessem.

Sete versões, anunciadas na Semana de Moda de Paris, foram replicadas 77 vezes e estão sendo vendidas a € 777 (no Brasil, os produtos são encontrados somente na plataforma http://www.farfetch.com/br‎). A razão de tantos 7: era o número da sorte do estilista.

O dinheiro obtido com a venda das camisas será doado para o programa “Sauver la Vie”, que financia pesquisas médicas na Universidade Paris Descartes e do qual Lagerfeld era colaborador.

White Shirt Tommy Hilfiger White Shirt Tommy Hilfiger

White Shirt Tommy Hilfiger (Farfetch/Divulgação)

White Shirt Cara Delevigne White Shirt Cara Delevigne

White Shirt Cara Delevigne (Farfetch/Divulgação)