COI desclassifica atleta uzbeque, que perde bronze

''Imediatamente após sua participação na prova do dia 10 de agosto, Tigiev, de 29 anos, apresentou em sua urina vestígios da substância proibida Metilhexanamina''

Redação Central – O Comitê Olímpico Internacional (COI) comunicou nesta quarta-feira a desclassificação do atleta uzbeque Soslan Tigiev, que nos últimos Jogos Olímpicos havia conquistado a medalha de bronze na categoria até 74kg da luta livre.

”Imediatamente após sua participação na prova do dia 10 de agosto, Tigiev, de 29 anos, apresentou em sua urina vestígios da substância proibida Metilhexanamina”, afirmou o COI em nota repassada à imprensa.

”A Comissão Executiva do COI concordou em eliminar Tigiev, excluí-lo dos Jogos de Londres e retirá-lo a medalha, o diploma e a insígnia, pedindo para que sejam devolvidos o mais rápido possível”, acrescentou a entidade.

Além disso, o comitê solicitou à Federação Internacional de Luta a modificação dos resultados da prova. O terceiro lugar conquistado em Londres por Tigiev será agora do húngaro Gábor Hatos, que herdará a medalha de bronze.