COI cogita tirar bronze olímpico de Lance Armstrong em 2000

Armstrong teve cassados, no mês passado, seus sete títulos do Tour de France entre 1999 e 2005

Madri – O Comitê Olímpico Internacional (COI) estuda como tirar do ex-ciclista Lance Armstrong a medalha de bronze que o americano conquistou na prova contrarrelógio dos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000.

Armstrong teve cassados, no mês passado, seus sete títulos do Tour de France entre 1999 e 2005. A União Ciclista Internacional (UCI) ratificou a decisão da Agência Antidoping americana (USADA) de apagar seus resultados a partir de agosto de 1998.

Segundo uma fonte do COI, o comitê observou a decisão da UCI e “aplaude qualquer medida que traga luz sobre este caso e permita ao esporte seguir em frente”.

Nos estatutos do COI existe um prazo de 8 anos para mudar qualquer resultado olímpico, mas já houve vozes dentro da instituição que defendessem evitar o limite do tempo nos casos de doping.