“Clube da Luta” terá nova versão em quadrinhos

A história se passará no futuro, com o protagonista casado com Marla Singer e pai de um garoto de 9 anos

São Paulo – Chuck Palahniuk está quebrando a primeira regra do Clube da Luta: ele está falando sobre o Clube da Luta.

O escritor americano é autor da aclamada história de Tyler Durden, lançada pela primeira vez num romance em 1996 e depois transformada em filme, dirigido por David Fincher, em 1999.

“Clube da Luta” foi protagonizado por Brad Pitt, Edward Norton e Helena Bonham e alcançou enorme sucesso de público e crítica, tornando-se um clássico.

Agora, Palahniuk revelou em entrevista ao USA Today que a história terá uma continuação e será publicada em quadrinhos em dez edições pela Dark Horse.

Segundo Palahniuk, a nova versão de “Clube da Luta” se passará no futuro e também no passado. O protagonista estará casado com Marla Singer e terá um filho de 9 anos, mas será um pai ausente sofrendo de uma crise de meia-idade.

A crise existe porque “você continua não sendo feliz, mas por diferentes razões. E também existe a ideia de que se você suprimir a parte selvagem, criativa de você – aquela parte “Tyler Durden” – você perde a melhor parte que existia. Sua vida é mais segura e estável, mas é melhor?”, comenta o escritor.

Palahniuk também promete revelar mais sobre o misterioso Tyler Durden nos quadrinhos. Para o autor, “Durden está aí há séculos e não é só uma aberração que apareceu na cabeça do protagonista”.

As ilustrações serão feitas por Cameron Stewart e a previsão é de que as revistas saiam em maio de 2015 nos Estados Unidos.