Clipe que mudou a história da música, “Thriller” completa 35 anos

"Thriller" ganhou o Grammy de melhor vídeo musical longo e também conquistou três prêmios no MTV Video Music Awards (VMA)

Los Angeles (EUA), 2 dez (EFE).- Trinta e cinco anos depois de sua estreia, o videoclipe “Thriller”, do astro Michael Jackson, continua sendo uma referência histórica para a música, um ponto de mudança nas produções audiovisuais do pop.

“Quando a ‘MTV’ estreou ‘Thriller’, de Michael Jackson, neste mesmo dia de 1983, esse curta-metragem mudou o gênero dos vídeos musicais de cabeça para baixo para sempre”, afirmou a conta no Twitter mantida pela assessoria do “Rei do Pop”, que morreu em 2009, aos 50 anos, após uma overdose de remédios.

Dirigido por John Landis, conhecido pelo sucesso em filmes como “Os Irmãos Cara de Pau” (1980) e “Um Lobisomem Americano em Londres” (1981), o clipe de “Thriller” revolucionou as regras da promoção musical e se tornou rapidamente um fenômeno mundial.

Graças a espetaculares efeitos especiais, uma coreografia bastante recordada e imitada, além de um ambicioso enredo, “Thriller” prestava uma homenagem a mitos do terror, como zumbis e lobisomens em um videoclipe de 12 minutos de duração.

“Thriller” ganhou o Grammy de melhor vídeo musical longo e também conquistou três prêmios no MTV Video Music Awards (VMA).

Além disso, o clipe foi incluído em 2009 no Registro Nacional de Cinema da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos por ser considerado como o “vídeo musical mais famoso” da história.

O clipe contribuiu de maneira notável para o extraordinário sucesso do álbul “Thriller”, que tinha sido publicado em novembro de 1982. Além da música de mesmo nome, o disco continha enormes sucessos, como “Beat It” e “Billie Jean”.

Segundo a última atualização da Associação da Indústria da Gravação dos EUA (RIAA), publicada em agosto, “Thriller” é, com 33 milhões de cópias, o segundo álbum mais vendido da história nos EUA, só atrás de “Their Greatest Hits”, do The Eagles, que vendeu 38 milhões de discos. EFE

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s