Chico Buarque e Tezza concorrem ao Prêmio SP de Literatura

Com valor total de R$ 400 mil, o Prêmio São Paulo de Literatura é o maior do país em valor individual

São Paulo – O Prêmio São Paulo de Literatura divulga nesta quarta, 14, os 21 finalistas de sua oitava edição. Entre os 10 indicados ao prêmio de Melhor Livro de Romance do Ano, estão Alberto Mussa (A Primeira História do Mundo, Record), Antônio Xerxenesky, (F. ,Rocco) e Silviano Santiago (Mil Rosas Roubadas, Companhia das Letras). Os livros concorrem ao prêmio de R$ 200 mil na categoria.

Sete obras disputarão R$ 100 mil na categoria Melhor Livro de Romance do Ano – Autor Estreante com mais de 40 anos, entre elas, Bonecas Russas, de Eliana Cardoso (Companhia) e Contagem Regressiva, de Vanessa Maranha (Selo Off Flip).

Quatro livros estão concorrendo a outros R$ 100 mil na categoria Melhor Livro de Romance do Ano – Autor Estreante com menos de 40 anos, como Samba em Mim, de Caio Yurgel (Saraiva Benvirá) e O Doente, de André Viana (Cosac Naify).

Todos os livros foram publicados pela primeira vez em 2014. Entre todas as categorias, a editora líder em indicações é a Record, com seis obras. Cosac Naify e Companhia das Letras têm quatro, a Rocco tem três e Patuá, Intrínseca, Saraiva Benvirá e o Selo Off Flip têm um livro indicado cada. Estão na disputa autores de dez Estados.

Com valor total de R$ 400 mil, o Prêmio São Paulo de Literatura é o maior do país em valor individual.