César Cielo afirma que medalhas Pan-Americanas têm sabor ‘especial’

Nadador ganhou uma medalha de ouro na prova dos 100 metros nado livre e outra no revezamento 4x100 livres, com poucos minutos para se recuperar de uma prova para outra

Guadalajara – O nadador brasileiro César Cielo, que ganhou neste domingo duas medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara 2011, afirmou que essas medalhas têm um sabor ‘especial’.

‘É um gosto especial pela dificuldade da altitude (de 1.500 metros na cidade de Guadalajara) e porque o momento após uma prova não é fácil porque a recuperação demora’, expressou o nadador brasileiro em entrevista coletiva.

Cielo ganhou uma medalha de ouro na prova dos 100 metros nado livre e outra no revezamento 4×100 livres, com poucos minutos para se recuperar de uma prova para outra, ambas com novos recordes Pan-Americanos.

‘É muito bom terminar o ano assim como tinha imaginado e agora poderei começar umas férias após o Pan porque grande parte dos objetivos do meu treino já os consegui, e agora é preciso começar a pensar nos Jogos Olímpicos de Londres 2012’, disse Cielo.

O brasileiro se mostrou ‘feliz’ pelo resultado de 47s84 nos 100 metros livres e comentou que tinha prometido a seus companheiros de equipe que se baixasse dos 47 segundos organizaria uma festa em São Paulo para comemorar.

Cielo agradeceu o apoio da torcida mexicana que abarrotou o Centro Aquático de Guadalajara e torceu pelos nadadores brasileiros.

‘Os mexicanos são muito quentes, nos apoiaram sempre. Foi muito divertido, me sinto em casa quando as pessoas apoiam o Brasil e é muito bom ter essa vantagem estando fora do meu país’, declarou o nadador.