Calle 13 arrebata 9 categorias do Grammy Latino

Grupo de rap Calle 13 conseguiu 9 candidaturas ao Grammy Latino, onde o Brasil também está na disputa com Caetano Veloso

Miami – O grupo porto-riquenho de rap Calle 13 conseguiu nesta quarta-feira nove candidaturas ao Grammy Latino e se apresenta como favorito na gala deste prêmio que será entregue em 20 de novembro em Las Vegas (EUA).

O colombiano Carlos Vives recebeu seis indicações, enquanto o espanhol Enrique Iglesias e o cubano Descemer Bueno têm cinco indicações, respectivamente.

Quase 50 categorias estão em jogo e o Brasil também está na disputa. Na categoria Canção do Ano, uma das principais do evento, Caetano Veloso concorre com “A bossa nova é foda”.

A música também disputa a categoria de Melhor Canção Brasileira. Para essa também estão no páreo “Zen”, de Anitta; “Alguma voz”, de Dori Caymmi; “Carta de amor”, de Maria Bethânia; “Um ser amor”, de Paula Fernandes; “Segue o som”, de Vanessa da Mata; e “Calma aí, coração”, de Zeca Baleiro. O país concorre ainda na categoria Produtor do Ano, com Moreno Veloso, filho de Caetano.

As outras categorias exclusivamente brasileiras são: Melhor álbum de MPB, Melhor álbum pop contemporâneo brasileiro, Melhor álbum de rock brasileiro, Melhor álbum de samba/pagode.

A organização dos Grammy Latino informou as indicações da 15ª edição do prêmio através Twitter e um vídeo no qual participaram fãs e cantores, como Daniela Mercury, Miguel Bosé, e Gilberto Santa Rosa. Neste ano, o processo de premiação recebeu mais de 10 mil inscrições, o que representa um novo recorde.

“As indicações continuam refletindo uma comunidade vibrante e dinâmica de música latina no mundo todo, composta de artistas, produtores, engenheiros de som, compositores e todos os envolvidos no processo da gravação”, disse o presidente da Academia Latina da Gravação, Gabriel Abaroa, em comunicado.