Cachorro que bateu recorde com skate pratica desde filhote

Segundo dona do bulldog inglês que atravessou de skate um túnel humano, todo o sofrimento passado antes do cachorro bater o recorde valeram a pena

Lima – Otto, o cachorro que nesta semana entrou para o livro dos recordes “Guinness” ao atravessar de skate um túnel humano formado por 30 pessoas, pratica a atividade desde que era um filhote, afirmou sua dona, Luciana Viale, nesta sexta-feira.

O recorde do bulldog inglês, validado na quinta-feira pela organização Guinness em um parque de Lima, no Peru, é uma conquista a mais para este cão, que também pratica surfe. Segundo a dona, todo o sofrimento passado antes do cachorro bater o recorde valeram a pena.

A primeira vez que Otto tocou um skate foi aos quatro meses de idade, quando Luciana e seu marido, Robert Rickards, o colocaram sobre um e, desde então, se tomou o “brinquedo favorito” do animal de estimação.

“Primeiro ele subiu uma pata, depois outra, até que nos demos conta que o cachorro queria montar no skate. A partir desse momento, decidimos que íamos a levá-lo a lugares abertos para que se divertisse”, relatou Luciana.

A dona contou que Otto aprendeu suas habilidades a bordo do skate após descobri-las aos poucos e sozinho, e sem intervenção de seus donos.

“Sempre tive em mente que queria ter um bulldog, e quando começamos a buscar informação sobre eles, encontrei os vídeos de Tillman, outro bulldog inglês que estabeleceu o recorde de percorrer 100 metros em skate em 19,67 segundos”, relembrou.

Luciana garantiu que nunca imaginou que Otto “seria tão famoso como Tillman ou que chegaria a bater um recorde mundial” como skatista.

Os donos de Otto decidiram enviar os vídeos do cachorro sobre o skate ao Guinness, até que os organizadores enviaram jurados a Lima para validar o recorde.

“Otto trouxe uma honra a nosso país e divulgou o nome do Peru pelo mundo”, disse Luciana, cujo cachorro acumula mais de 28 mil seguidores na rede social Facebook.

A dona de Otto garantiu continuará “com humildade” todas as iniciativas solidárias que ela e Rickards estabeleceram para Otto, entre elas ajudar crianças carentes e promover um cuidado responsável com os animais de estimação.