Brasileiro vai do céu ao inferno, e Rússia perde para Croácia nos pênaltis

A seleção terceira colocada na Copa do Mundo de 1998 terá pela frente a Inglaterra, que mais cedo passou pela Suécia por 2 a 0

Sochi – A Croácia venceu neste sábado a Rússia nos pênaltis, após empate em 2 a 2, no somatório do tempo normal e prorrogação, e garantiu pela segunda vez na história classificação às semifinais da Copa do Mundo, dessa vez, para enfrentar a Inglaterra.

O jogo teve cada seleção marcando uma vez nos 90 minutos iniciais e nos 30 adicionais. Os anfitriões largaram na frente com o meia Denis Cheryshev e os adversários marcaram com o meia Andrej Kramaric. No tempo extra, a situação se inverteu, e os croatas saíram na frente com o zagueiro Domagoj Vida, mas cedendo a igualdade, em gol do lateral-direito Mario Fernandes.

O ex-jogador do Grêmio, com passagem pela seleção brasileira, foi um dos escalados para cobrar pênalti, o terceiro da Rússia, mas acabou chutando para fora. Já o atacante Fyodor Smolov parou em defesa do goleiro Danijel Subasic, que chegou a se contundir na prorrogação.

Coube ao talentoso meia Ivan Rakitic bater a quinta penalidade dos croatas, superando Igor Akinfeev e dando números finais da disputa, com placar de 4 a 3.

A seleção terceira colocada na Copa do Mundo de 1998 terá pela frente a Inglaterra, que mais cedo passou pela Suécia por 2 a 0, em Samara, se garantindo nas semifinais, em jogo que acontecerá nesta quarta-feira, no estádio Luzhniki, em Moscou. EFE