Bill Wyman e Mick Taylor se unem aos Stones em nova turnê

Será a primeira vez em 20 anos que os ex-integrantes da banda tocarão acompanhando Mick Jagger, Keith Richard, Ron Wood e Charlie Watts em algumas canções

Londres – Bill Wyman e Mick Taylor voltarão a se unir aos Rolling Stones neste domingo em Londres no primeiro dos shows da miniturnê “50 & Counting” da lendária banda, a primeira depois de cinco anos.

Será a primeira vez em 20 anos que os ex-integrantes dos Stones tocarão acompanhando Mick Jagger, Keith Richard, Ron Wood e Charlie Watts em algumas canções, confirmaram as majestades do rock em seu site e no Facebook.

Wyman, primeiro baixista do grupo até 1992, e Taylor, segundo guitarrista que chegou aos Stones em 1969 para substituir o demitido Brian Jones (que pouco depois morreria) e que deixou a banda em 1974, saíram por motivos bem diferentes.

Bill Wyman declarou estar cansado das turnês mundiais com os companheiros e saiu em carreira solo, enquanto Mick Taylor confessou que, se seguisse o ritmo de vida dos Stones, marcado pelo uso de drogas, “teria morrido”.

Ron Wood e Darryl Jones foram as substituições dos dois músicos que agora recuperam o ritmo – Taylor tem 63 anos e Wyman, 76 – e participarão das duas apresentações londrinas em que a banda revisitará em duas horas seus 50 anos de carreira musical com algumas músicas novas.

Não se sabe se as participações especiais serão mantidas nos dois outros shows que os Stones farão em Nova York, já que é famoso o medo de voar de Wyman, que declarou recentemente em seu site que não tem planos de viajar aos Estados Unidos.

O anúncio do reencontro anima ainda mais os fãs às vésperas da apresentação de Londres, depois que ontem foi lançado o videoclipe de “Doom and Gloom”, o novo single da banda, protagonizado pela atriz Naomi Rapace, que ficou mundialmente famosa por interpretar Lisbeth Salander na versão cinematográfica sueca de “Os Homens que Não Amavam as Mulheres”.