Bar aposta em “churras” sem carvão e “brejas” 100% nacionais

Numa charmosa casa de vó com jabuticabeira, BEC bar se diferencia pela combinação bem brasileira de churrasco com cerveja

São Paulo – O nome BEC tem um significado bem simples: B de “breja” e C de “churras”.  Assim, fica bem apresentada a proposta do bar, que abriu as portas na região de Pinheiros, em São Paulo, apostando em produtos 100% nacionais e abusando dessa combinação que muitos brasileiros gostam.

Instalado em uma casinha da década de 1930 bem charmosa que pertenceu à avó de um dos sócios, o espaço tem um quintalzinho nos fundos com uma antiga jabuticabeira mantida após a reforma para abrir o bar.

Xixo gaúcho, vegetais e petiscos

Churrasco do BEC Bar Churrasco do BEC Bar

Churrasco do BEC Bar (Henrique Peron/Divulgação)

Uma das especialidades da casa é o xixo gaúcho em várias versões. O prato com 450g de carne é uma “espetada” boa para compartilhar que mistura carnes e vegetais inspirado em um prato típico no oriente médio e nacionalizado na cozinha dos pampas chamado “sish kebab”.

Dá pra escolher cortes como picanha de angus, copa lombo de leitão envolto por bacon e linguiça toscana entremeados com cebola, tomate e pimentões assados e até wangus, carne resultante do cruzamento das raças wagyu e angus extremamente macia e saborosa.

Os pratos de carne individuais, em porções de 300g, podem levar acompanhamentos diversos. A dica é o grelhado de vegetais, que surpreende com maxixe, batata doce, abobrinha e muito mais. “Nosso cardápio é o churrasco tradicional com muita qualidade e técnica. Além disso, todos os molhos são receitas próprias, feitos dentro da nossa cozinha”, orgulha-se o chef responsável Alex Oliveira.

Grelhado de vegetais do BEC Bar Grelhado de vegetais do BEC Bar

Grelhado de vegetais do BEC Bar (Henrique Peron/Divulgação)

E, detalhe: é tudo feito na churrasqueira a gás. “Não gosto de fazer comparações porque cada método tem sua característica. Mas, tradicionalmente falando, o carvão permite que se aumente o fogo colocando mais lenha. No modelo a gás, a gente consegue chegar naquilo que a gente quer com qualidade, o que difere é a crosta que se forma na churrasqueira convencional”, garante Alex.

Pode ser que você queira petiscar. Afinal, trata-se de um bar. E não um bar qualquer, já que abriga seis torneiras que oferecem opções de microcervejarias brasileiras. Nesse caso, vai muito bem o croquete de costela com molhinho chimichurri da casa.

Croquete de costela com molhinho chimichurri do BEC Bar Croquete de costela com molhinho chimichurri do BEC Bar

Croquete de costela com molhinho chimichurri do BEC Bar (BEC Bar/Divulgação)

Cervejas nacionais

As Burgman Lager e Startup Unicorn, cervejas fixas da casa, têm um excelente custo benefício entre preço e drinkability. “O chopp lager acompanha bem todos os pratos e faz parte da nossa cultura de churrasco porque é uma cerveja leve e raramente ‘empapuça'”, indica Leo Lima, um dos sócios e responsável pela seleção dos rótulos. “Já Ipas e ipls combinam com as carnes mais gordurosas, como picanha, cupim e croquete de costela, pois o amargor limpa o paladar e provoca a próxima garfada ou mordida”, sugere Leo.

Serviço

BEC Bar