Atriz Eva Todor morre aos 98 anos

A atriz tinha mais de 80 anos de profissão e estava longe da TV desde a novela “Salve Jorge”, exibida em 2012

São Paulo — A atriz Eva Todor morreu na manhã deste domingo (10) em sua casa, no Rio de Janeiro. Ela tinha 98 anos e a causa da morte foi pneumonia.

Eva sofria de Mal de Parkinson e em fevereiro deu entrada na Clínica São José, na zona sul do Rio, com pneumonia. Ela estava em internação domiciliar em seus últimos meses de vida.

De acordo com uma funcionária de um amigo de Eva, Marcelo Del Cima, ele foi à casa da atriz na manhã deste domingo, pois Eva estaria passando mal. O falecimento ocorreu às 8h50. Eva era viúva e não deixou filhos.

Eva nasceu na Hungria em 1919 e imigrou para o Brasil com a família quando ainda era criança. Iniciou sua carreira artística como bailarina, e depois se consagrou no teatro e na televisão.

Eva Fódor Nolding adotou Todor como uma versão “abrasileirada” de seu sobrenome nos anos 1930, quando sua carreira começou a engrenar no teatro.

A atriz tinha mais de 80 anos de profissão e estava longe da TV desde a novela “Salve Jorge”, exibida pela TV Globo em 2012.

Seu papel mais marcante foi o de Kiki Blanche, na novela “Locomotivas”, de 1977. Ela também era lembrada por outros papéis, como a personagem Josefina, de “O Cravo e a Rosa” (2000).

Com Estadão Conteúdo