Ator Seymour Hoffman deixa herança para namorada e filho

O ator americano, que faleceu este mês, deixou todo seu dinheiro para a namorada Mimi O'Donnell e para o filho pequeno

Nova York – O ator americano Philip Seymour Hoffman, que faleceu este mês aparentemente por overdose de heroína, deixou todo seu dinheiro para a namorada Mimi O’Donnell e para o filho pequeno, informou a imprensa americana nesta quarta-feira.

Nos termos do testamento, redigido uma década antes do nascimento das duas filhas do casal, Hoffman deixou seu patrimônio para a estilista Mimi, de quem havia se separado recentemente, e pediu que um fundo fiduciário fosse criado para seu filho Cooper, de 10 anos.

Hoffman pediu que o filho cresça em Nova York, Chicago, ou São Francisco, ou que visite essas cidades pelo menos duas vezes por ano para estar exposto “à cultura, às artes e à arquitetura” que elas oferecem.

Cooper deve herdar metade de seu fundo fiduciário quando completar 25 anos, e o restante, aos 30, acrescentou a imprensa local.

Mimi O’Donnell, que se separou de Seymour Hoffman devido ao progressivo aumento de seu consumo de drogas, vive com Cooper e suas filhas Tallulah, de 7, e Willa, de 5, no bairro West Village, de Manhattan, em Nova York.

Em 2 de fevereiro, o ator ganhador do Oscar em 2006 (por “Capote”) foi encontrado morto em seu apartamento alugado.