As vitórias históricas de “Pantera Negra” no Oscar

Mesmo não sendo o vencedor de "Melhor Filme", o longa protagonizou muitas "primeiras vezes" no Oscar

Além de ser o primeiro filme de super-herói a ser indicado ao Oscar de “Melhor Filme”, “Pantera Negra” também fez história em outras categorias da premiação neste domingo (24).

Dos sete quesitos para os quais o longa recebeu indicação, três prêmios foram levados para a casa.

Mas as vitórias históricas do filme da Marvel não param por ai: Ruth E. Carter foi a primeira mulher negra a ganhar o prêmio de “Melhor Figurino”.

 Ruth E. Carter Ruth E. Carter: vencedora da categoria “Melhor Figurino”, por “Pantera Negra”

Ruth E. Carter: vencedora da categoria “Melhor Figurino”, por “Pantera Negra” (Frazer Harrison/Getty Images)

Hannah Beachler foi a primeira negra indicada e vencedora no quesito “Melhor Design de Produção” na história do Oscar. 

Jay Hart e Hannah Beachler, Jay Hart e Hannah Beachler: Hannah é a primeira mulher negra a ganhar o prêmio de “Melhor Design de Produção”

Jay Hart e Hannah Beachler: Hannah é a primeira mulher negra a ganhar o prêmio de “Melhor Design de Produção” (Frazer Harrison/Getty Images)

O filme também levou para casa o Oscar de “Melhor Trilha Sonora Original”. Quem pegou a estatueta para este prêmio foi o compositor sueco Ludwig Göransson. Uma das músicas do filme (que estava indicada ao prêmio de “Melhor Canção Original”) é “All The Stars”, de SZA e Kendrick Lamar, mas quem acabou levando foi “Shallow”, de Nasce Uma Estrela.

No entanto, quem ficou com o principal prêmio da noite (o de “Melhor Filme”) foi “Green Book – O Guia”.