As polêmicas criadas por Chorão, do Charlie Brown Jr.

Cantor de rock foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira. Polícia ainda investiga as causas da morte do artista

São Paulo – O vocalista do Charlie Brow Jr. teve uma carreira musical de grandes sucessos, mas também recheada de polêmicas e confusões. Chorão, encontrado morto em seu apartamento em São Paulo, na madrugada desta quarta-feira, nunca fez questão de esconder suas opiniões, o que gerou desconfortos com o público, outros artistas e até com seus colegas de banda. Relembre a seguir algumas das situações que chamaram a atenção do público.

Deu bronca no baixista Champignon no meio de um show

A mais recente controvérsia protagonizada pelo cantor aconteceu em um show no Paraná, em setembro do ano passado. No intervalo entre uma música e outra, ele insultou o baixista Champignon diante do público e, entre outras coisas, afirmou que o integrante teria voltado a tocar na banda por causa do dinheiro e não porque realmente gostava de tocar nela (veja no vídeo abaixo).

Depois de ouvir calado muitos desaforos, o músico ofendido saiu do palco no meio da apresentação sem dizer nada. Dias depois, Chorão se retratou publicamente, afirmando que as coisas fugiram de seu controle, mas que não tinha direito de falar com o colega daquela maneira.

Foi expulso de avião por não desligar o celular

No ano de 2008, Chorão protagonizou uma confusão em um voo da Gol, que partiria de Guarulhos para Manaus. Quando a aeronave já estava na pista, os funcionários da companhia aérea afirmaram que ele se recusou a desligar o celular. Ele negou a informação, disse que apenas continuou usando os fones e ainda reclamou que foi maltratado por uma aeromoça. O grupo todo teve, então, que voltar à área de embarque do aeroporto e os equipamentos foram retirados do avião. Todo o problema causou um atraso de 1h40 no voo.

Foi deixado por todos os colegas da banda

O relacionamento entre integrantes de uma banda nem sempre é amistoso, mas as divergências com Chorão fizeram com que todos seus colegas abandonassem o Charlie Brown Jr., em 2005. Por seis anos, o vocalista ficou como o único integrante da formação original, ao lado de outros músicos. Em 2011, Champignon (baixista), Thiago (guitarrista) e Marcão (guitarrista) retornaram, faltando apenas Pelado (baterista), que não regressou.

Brigou com garota na plateia do Altas Horas

Uma adolescente que estava na plateia do programa Altas Horas tirou Chorão do sério, em 2004. O cantor ficou irritado ao ser questionado pela moça a respeito de uma polêmica passada. Além de responder rispidamente que não devia satisfação a ninguém, ele ainda cantou versos ofensivos direcionados a ela: a patricinha da plateia usava piercings, roupas e até a calcinha comprada pelo papai”, após ter sido abordado pela mesma no intervalo. Envergonhada, a espectadora fez gestos obscenos e chorou.

Deu um soco em Marcelo Camelo, do Los Hermanos

A polêmica envolvendo a garota da plateia do programa Altas Horas teve origem nesta confusão protagonizada por Chorão e Marcelo Camelo, do Los Hermanos, também em 2004. Após Camelo criticar a participação do skatista em um comercial da Coca-Cola, o vocalista do Charlie Brown Jr. ficou irritado. Quando eles se encontraram no aeroporto de Fortaleza, algum tempo depois, Chorão deu um soco no nariz do carioca, que o processou por agressão. (Confira abaixo a explicação da confusão nas palavras do artista encontrado morto nesta quarta-feira)