Artista colombiana recebe maior prêmio de arte contemporânea do mundo

Uma de suas séries mais emblemáticas de Doris Salcedo, "Atos de luto", reflete a dor humana causada pelo conflito em seu país

A artista colombiana Doris Salcedo, cujas obras refletem a dor humana causada pelo conflito em seu país, recebeu nesta quinta-feira o Nomura Art Award, o mais lucrativo prêmio de arte contemporânea do mundo, dotado de 1 milhão de dólares.

Esta é a primeira edição deste prêmio organizado pela holding financeira japonesa Nomura e anunciado em um jantar gala em Xangai, informou o grupo em comunicado enviado à AFP.

O Nomura Art Award a ajudará a desenvolver uma de suas séries mais emblemáticas, “Atos de luto”, nas quais ela trabalha desde 1999.

Feitas com a colaboração de milhares de pessoas, essas obras monumentais têm como objetivo oferecer à comunidade instrumentos simbólicos que lhes permitam conviver com a dor causada pelo conflito colombiano.