Alemanha devolverá quadro roubado por nazistas a museu de Florença

"Vaso di Fiori" do pintor holandês Jan van Huysum ainda não tem uma data de restituição oficializada

O Ministério alemão de Relações Exteriores anunciou, neste sábado, que devolverá ao Palazzo Pitti, de Florença, um quadro de um pintor holandês roubado pelos nazistas na Segunda Guerra Mundial.

“O quadro ‘Vaso di Fiori’ (“Vaso de flores”) do pintor holandês Jan van Huysum foi devolvido à galeria de arte do Palazzo Pitti em Florença”, informou a pasta em comunicado.

Este quadro, atualmente avaliado em milhões de dólares, é um óleo sobre tela de 47 cm x 35 cm assinado por Jan van Huysum (1682-1749), pintor de renome especialista em naturezas mortas, que pertence desde 1824 à coleção do Palacio Pitti.

O “Vaso di Fiori” foi roubado em 1944 durante a ocupação nazista. Desde então, estava nas mãos de um dos herdeiros de um soldado da Wehrmacht alemã.

O alemão Eike Schmidt, diretor do Museu dos Ofícios, ao qual o Palazzo Pitti pertence, revelou em janeiro este quadro, mostrando uma cópia em preto e branco na galeria com a palavra “roubado”.

“Devemos falar das sistemáticas razias da Wehrmacht. Várias ações, em especial nos últimos meses da ocupação alemã na Itália, eram destinadas a deslocar a maior quantidade de coisas possível para o norte”, disse Schmidt em uma entrevista ao Die Zeit em fevereiro.

A data da restituição ainda não foi oficializada.