Acura quer continuar ganhando da Cadillac com NSX

A Acura, marca de luxo da Honda, está perto de comemorar seu 30º aniversário superando vendas de todas as marcas americanas de luxo

A Acura, marca de luxo da Honda Motor Co., está perto de comemorar seu 30º aniversário superando em vendas todas as marcas norte-americanas de luxo em seu próprio país e lançando o tão aguardado supercarro NSX, de US$ 150.000.

A Acura superou as vendas da Cadillac, pertencente à General Motors Co., em 5.862 carros e light trucks até novembro e ganhou da Lincoln, uma marca da Ford Motor Co., por quase 70.000 veículos, segundo a Autodata Corp.

Para permanecer à frente, a Acura lançará seu NSX de 573 cavalos de potência no segundo trimestre do ano que vem, dando fim a uma década de espera pelo sucessor de um reverenciado ícone da alta performance.

Embora não seja um modelo de grande volume, o supercarro NSX empresta prestígio à Acura, que foi criada em 1986, antes da Lexus, pertencente à Toyota Motor Corp., e da Infiniti, marca da Nissan Motor Co.

A melhora de suas vendas mostra como os consumidores americanos estão adotando marcas de luxo japonesas e também o tamanho das dificuldades da Cadillac e da Lincoln para recuperar o impulso apesar das abrangentes reformulações de suas linhas.

“Temos uma forte confiança no futuro da Acura”, disse Tetsuo Iwamura, vice-presidente-executivo da Honda, em entrevista. “Esse NSX definitivamente contribuirá para melhorar a imagem da marca Acura e será uma força motriz que puxará para a frente, ou para cima, o restante da linha de modelos”.

Se não houver uma recuperação da Cadillac no último mês, a Acura terminará o ano à frente das marcas de luxo americanas pela segunda vez em sua história, atingindo o mesmo feito de 2012.

Iwamura declarou que “é chegada a hora” de melhorar a linha de sedãs da Acura após perder a liderança para a Cadillac no ano seguinte.

A Cadillac não consegue igualar o crescimento das vendas das outras marcas de luxo porque tem tentado aumentar os preços e competir de frente com as fabricantes de veículos alemãs, disse Eric Lyman, vice-presidente da TrueCar Inc. Os modelos da Cadillac estão sendo vendidos por US$ 52.850 em média neste ano, enquanto os consumidores estão pagando cerca de US$ 39.825 por cada veículo da Acura, segundo a TrueCar.

“Os carros de ponta são sempre animadores para os entusiastas e para o público de nicho que acompanha as marcas”, disse Lyman a respeito do NSX. Para um cliente que está em dúvida entre a Acura e outra marca automotiva de luxo, é possível que o supercarro não incline a balança a favor da Honda, disse ele. “A pergunta é: será que a presença de um NSX de alguma forma vai colocá-los como os preferidos sobre a mesa?”.

A Honda tem tomado outras medidas para melhorar a posição da marca. Transformou a Acura em uma divisão separada dentro da empresa, dando a ela gestão, marketing e outros recursos dedicados, com as esperanças de distinguir seus modelos da Honda sob os olhos dos consumidores.

TLX, SUVs

O maior salto da Acura foi dado pelo sedã TLX, que começou a ser vendido no final do ano passado.

A empresa entregou 43.572 unidades nos EUA até novembro, superando o Lexus IS e quase duplicando as vendas do Cadillac ATS.

A linha de SUVs da Acura, formada pelo MDX e pelo RDX, também poderá ser reforçada.

A marca exibiu um pequeno crossover no Salão do Automóvel de Xangai de 2013 e registrou nos EUA, no início deste ano, o nome CDX como marca registrada.

“Estamos estudando várias possibilidades”, disse Iwamura. “É prematuro demais mencionar isso”.