A Flip dos sonhos da VIP

Malucos totais INSANIDADE SOB MEDIDA
Seria fascinante um debate de malucos que fuçam o submundo, os comportamentos fora do padrão, os acobertamentos do mundo oficial. O cubano Pedro Juan Gutiérrez ofereceria sua desbocada combinação “sexo, charutos & rumba”. O americano James Ellroy contra-atacaria com sua obsessão retrô por crimes, conspirações e Hollywood. O escocês Irvine Welsh entraria com o destemor de quem já delirou sobre drogados desempregados, policiais psicóticos, raves e mundo pornô. O durão americano Nick Tosches viria com a rabugice minuciosa com que já escreveu sobre astros perturbados, jogatina e casas de ópio na Ásia.
Pedro Juan Gutiérrez
“Fui enxotado do jornalismo porque fui ficando cada vez mais visceral. E as pessoas viscerais não são muito apreciadas. Se você tiver ideias próprias, precisa entender que vai encontrar continuamente caras fechadas, gente querendo questionar, diminuir você, ‘fazer compreender’ que você não tem nada a dizer, ou que deve evitar aquele fulano porque é louco, ou veado, ou um verme. Eles reduzem o mundo a umas poucas pessoas híbridas, monótonas, tediosas e ‘perfeitas’. E assim querem transformar você num excluído e num merda.”
James Ellroy
“Eu possuía características de autopreservação até mesmo no auge de minha autodestruição. Minha mãe me deu o dom e a maldição da obsessão. Começou como curiosidade, em lugar de uma dor infantil. Brotou como a busca de um conhecimento sombrio e transformou- se numa terrível sede por estimulação sexual e mental. A energia obsessiva quase me matou. A ânsia de transformar minhas obsessões em algo de bom e útil me salvou. Eu durei mais do que a maldição. O dom adotou seu formato final na linguagem.”
Irvine Welsh
“Eu me interesso por seus conceitos de subjetividade e verdade, particularmente por suas ideias a respeito de escolhas; a noção de que as escolhas genuínas surgem da dúvida e da incerteza, sem recurso à experiência ou aos conselhos de outros. Poderíamos dizer que é uma filosofia existencial primariamente burguesa, e que assim busca minar a sabedoria coletiva da sociedade. Entretanto, é também uma filosofia libertadora, pois, quando tal sabedoria coletiva da sociedade é negada, as bases que justificariam o controle social sobre o indivíduo são fragilizadas.”
Nick Tosches
“Veja bem, eu precisava ir pro inferno. A nossa era é, cada vez mais, a era do pseudoconhecimento, o modo pelo qual tentamos tolamente nos diferenciar da maioria medíocre. Sentar-se ao redor de uma garrafa de suco de uva azedo, falando de toques delicados de groselha-preta, fumaça de carvalho, trufas ou de qualquer outro absurdo refinado que a natureza teria usado para enriquecer o seu sabor é ser um cafone de primeira grandeza. Porque, se há algum toque delicado a ser percebido em qualquer vinho, é provável que seja o de pesticida e esterco.”
Pedro Juan Gutiérrez firmou seu estilo marginal e lotado de sexo na Cuba de Fidel em 1998, com Trilogia Suja de Havana (Alfaguara Brasil, 2008,
R$ 49,90).
James Ellroy teve a mãe assassinada na infância e é obcecado por teo – rias da conspiração e os anos 50. Los Angeles – Cidade Proibida (Record, 1997, R$ 56), que virou filme, é sua obra mais notória. Irvine Welsh surgiu como nome forte da literatura britânica com pegada pop em 1993 com Trainspotting (Rocco, 2004,
R$ 43).
Nick Tosches saiu do jornalismo musical para livros minuciosos sobre gente de outras áreas. Sua busca constan te ren deu A Última Casa de Ópio (Conrad, 2006, R$ 20).

INÍCIO

MULHERES BRILHANTES E TARADAS   –   OS LOUCOS VIVOS   –  FUTEBOL-ARTE   –  OS LOUCOS MORTOS