A aparência do bom vinho

A bebida de qualidade deve se apresentar como tal

aparencia

A diversidade de tipos, origens e rótulos de vinhos é enorme, todos sabem. Por isso, é muito fácil se atrapalhar na hora de definir o que é bom. Mas existem características que todas as bebidas de qualidade devem ter – e não é difícil de percebê-las.

1-Um bom vinho deve ser límpido e sem qualquer partícula sólida depositada no fundo da garrafa, pois a existência dessas partículas indica que o vinho foi mal feito ou já está se deteriorando.

2-Um bom vinho deve ter brilho. Os melhores vinhos do mundo, entre suas características, um brilho intenso do líquido, resultado da limpidez e da transparência.

3-Um bom vinho dever ter, como já dito no item 2, boa transparência. Significa que ele não pode ser turvo, já que isso mostra que ele está deteriorado. Deve ser possível ver o que está do outro lado da taça através do líquido.

4- Um bom vinho deve ter viscosidade, ou seja, ele deve aderir um pouco às paredes da taça. Isso demonstra a densidade da bebida. Se não houver densidade, é porque vinho pode estar muito aguado e pouco encorpado. Isso reflete na sensação que a bebida deixa na boa.

5- Um bom vinho deve ter cor determinada. Ao se examinar uma taça, pode-se perceber que o líquido é mais claro perto das bordas e mais escuro no centro. Um vinho tinto deve ter a cor vermelha escura sempre. A cor alaranjada significa que ele é  jovem. Já entre os vinhos brancos, a cor deve ser o dourado,  e o amarelo caso for mais novo.