4 relógios para mergulho de grandes profundidades

Relógios comuns alcançam os 100 ou 200 metros de profundidade sem muitas dificuldades, mas alguns modelos podem ser utilizados em até 12 mil metros

Os relógios de mergulho estão entre os modelos prediletos de qualquer colecionador ou amante da relojoaria: eles apresentam indicações simples, legíveis e oferecem uma versatilidade sem igual, uma vez que combinam detalhes de alto acabamento com a robustez de um instrumento para um esporte tão radical, por assim dizer.

De maneira geral, peças comuns alcançam os 100 ou 200 metros de profundidade sem muitas dificuldades (vale lembrar que a resistência se refere à pressão que a água pode exercer sobre o relógio e não a profundidade em si, uma vez que se movimentar sob 100 metros de profundidade pode fazer com que a pressão sobre a peça seja maior que isso, ocasionando em infiltração de água e uma bela dor de cabeça). No entanto, algumas marcas quiseram ir ainda mais fundo, alcançando os 12 mil metros!

Veja abaixo uma seleção de quatro modelos que resistem a grandes profundidades:

2 mil metros: Mühle-Glashütte Rasmus 2000

Mühle-Glashütte Rasmus 2000 Mühle-Glashütte Rasmus 2000

Mühle-Glashütte Rasmus 2000 (WatchTime/Divulgação)

A marca alemã baseada na pequena cidade de Glashütte desenvolveu o modelo acima em parceria com cientistas da universidade de Rostock, na Alemanha. A caixa de 44 mm de diâmetro conta com um bisel rotativo de fácil manuseio e uma caixa interna elaborada de ferro macio, que protege o movimento de campos magnéticos. São 2 mil metros de resistência sob a água e as funções de horas, minutos e segundos centrais, além de data, são entregues por uma versão modificada do movimento sellita SW 200. Seu valor comercial é de US$ 4.099.

3 mil metros: Breitling Avenger II Seawolf

Breitling Avenger II Seawolf Breitling Avenger II Seawolf

Breitling Avenger II Seawolf (WatchTime/Divulgação)

Breitling Avenger II Seawolf é resistente a 3 mil metros sob a água e possui um esquema de cores que chama bastante atenção. Ele foi assim desenvolvido para lembrar das diferentes e exóticas criaturas que vivem a tão grande profundidade. A caixa de aço com 45 mm de diâmetro oferece proteção ao calibre Breitling 17, que é baseado em um ETA 2824. O movimento possui certificação COSC e fornece horas, minutos, segundos e data. O modelo custa US$ 3.825.

4 mil metros: Hublot King Power Oceanographic Exo 4000

Hublot King Power Oceanographic Exo 4000 Hublot King Power Oceanographic Exo 4000

Hublot King Power Oceanographic Exo 4000 (WatchTime/Divulgação)

São poucos os relógios de mergulho que podem alcançar os 4 mil metros de profundidade. Hublot Oceanographic é uma das raras exceções. A mais recente variação da peça conta com uma caixa de robustos 48 mm de diâmetro em fibra de carbono e é finalizado por uma pulseira de borracha costurada com fibras sintéticas. A missão de entregar precisão nas profundezas é do calibre HUB 1401, que é baseado em um ETA 7750, que teve sua função cronógrafo desmontada. Este relógio custa US$ 25.900.

12 mil metros: Rolex Deepsea Challenge

Rolex Deepsea Challenge Rolex Deepsea Challenge

Rolex Deepsea Challenge (WatchTime/Divulgação)

O diretor de cinema James Cameron trouxe este relógio à tona quando ele desceu a fossa da Marianas em março de 2012. O relógio possui 28 mm de espessura e 51,4 mm de diâmetro. É graças a um cristal de safira de 14,3 mm de espessura e um verso de caixa feito de titânio reforçado que o movimento automático 3135 consegue sobreviver à pressão. O relógio desceu a 10.898 metros preso em um braço na parte externa da cápsula submersível de Cameron. De acordo com a resistência específica sob a água dada pelo modelo, o relógio sobreviveria a mil metros abaixo dos 12 mil especificados. Este modelo especial Rolex não está à venda.

Os valores apresentados na matéria são sugeridos, podem sofrer alterações sem prévio aviso e não incluem impostos e taxas.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Muito bom! Parabéns, excelente matéria!