22 coisas que você não deve fazer quando visitar Nova York

Recomendações foram feitas pelos usuários do TripAdvisor em fóruns on-line criados pelo próprio site de viagem

São Paulo – Visitar Nova York é ter a sensação constante de estar dentro de um filme americano. Mesmo que seja sua primeira vez na cidade, você terá sempre a impressão de que já esteve naquele lugar antes.

A região é linda, agitada e cheia de atrações dia e noite. Por isso, não à toa, Nova York é conhecida como a cidade que não dorme e se você tiver pique terá o que fazer 24 horas por dia. 

Nem tudo, no entanto, vale a pena por lá. Turistas que já visitaram a cidade dão as coordenadas do que não fazer.  As recomendações foram feitas pelos usuários do TripAdvisor em fóruns on-line criados pelo próprio site de viagem

Veja abaixo a seleção do que não fazer em Nova York.

1. Não peça uma garrafa de água nos restaurantes a não ser que queira um tipo específico, como, por exemplo, água com gás. A água de torneira da cidade é de graça e potável. O garçom terá o prazer de trazer-lhe uma jarra.

2. Não esqueça de comprar um Metro Card. Com o cartão, você poderá se locomover de forma rápida e eficiente. 

3. Não tenha medo de visitar qualquer local na cidade. Nova York é geralmente segura e os moradores ficarão felizes em ajudá-lo.

4. Não se estresse tentando visitar tudo. Na cidade que nunca dorme, isso é impossível. A melhor opção é retornar diversas vezes. Cada uma delas será uma experiência diferente.

5. Você não pode esquecer da gastronomia de Nova York. Experimente o brunch aos domingos indo a um bom restaurante italiano.

6. Não esqueça de caminhar por Tribeca, East Village, Chelsea e Greenwich, locais pouco frequentados por turistas, mas que oferecem o gostinho da verdadeira vida em Nova York.

7. Não esqueça de checar se o metrô está sinalizado como “downtown” ou “uptown”. Se você se confundir e pegar o trem na direção errada, irá esperar 18 minutos até poder utilizar sua passagem novamente. Além disso, cheque se está escrito “local” ou “express” – os trens expressos não param em todas as estações.

8. Você irá precisar parar para descansar no meio do caminho. Não deixe de aproveitar os locais para relaxar em parques como o Battery Park, Washington Sq. Park, Union Square Park, Gramercy, Madison Square Park ou Bryant. Os parques são algumas das principais atrações da cidade.

9. Não compre o New Yok City Pass sem calcular quantos pontos turísticos e entradas você terá de pagar. Às vezes, não vale a pena. Estime seus custos e as potenciais economias que esse cartão poderá lhe proporcionar.

10. Evite pegar táxis o máximo que puder se está com o orçamento apertado. Eles são acessíveis, mas o sistema de metrô é muito eficiente e funciona 24 horas por dia. Muitas vezes será a opção mais rápida, pois você evitará o trânsito, especialmente nos horários de pico.

11. Para os museus, não é necessário pagar o preço inteiro das entradas. Os valores são preços sugeridos. Pague o que puder e o quanto achar justo pela experiência.

12. Não alugue uma bicicleta durante o dia inteiro, pois o aluguel é muito caro e quando quiser parar para ver um museu ou uma loja, você não saberá o que fazer com ela. É melhor identificar as estações “Citi Bike”, onde é possível utilizar as bicicletas por 10 dólares por dia.

13. Não deixe de ir ao Williamsburg Food Market, uma experiência incrível onde é possível experimentar vários pratos e cervejas locais. Vale a pena fazer uma refeição no restaurante Frying Pan Pier 66 no Hudson River Park no verão. E não esqueça de fazer um piquenique no Central Park depois de um dia de caminhada.

14. Não gaste muito dinheiro ao carregar seu Metro Card. A melhor opção é comprar a passagem para uma semana.

15. Não use sua conta de operadora de celular brasileira para fazer ligações ou acessar a internet. É melhor usar o cartão de uma companhia local, como a T-Mobile, que custa menos de 5 dólares por semana. Assim, você evita surpresas desagradáveis em sua conta quando voltar para casa.

16. Não se esqueça de visitar o Botanical Gardens Bronx, um parque enorme com muita vegetação, árvores antigas e estufas.

17. Se quiser assistir a um musical, mas está com o orçamento apertado, não compre ingressos com antecedência. É possível comprá-los no mesmo dia do show pela metade do preço quando sobram lugares vazios.

18. Não deixei de ir à Brooklyn Bridge. Pegue o metrô para o Brooklyn e caminhe até a ponte. A vista, especialmente ao anoitecer, é incrível. Se você gosta de sorvete, embaixo da ponte – há o Brooklyn Ice Cream Factory, um dos melhores sorvetes da cidade. 

19. Tente não se distrair com a arquitetura e os prédios incríveis quando estiver andando pelas ruas. Além de poder ser atropelado, você irá atrapalhar os moradores, que estão sempre com pressa.

20. Não caminhe com um mapa – há vários mapas disponíveis em aplicativos para smartphones. Além disso, fique à vontade para fazer perguntas. Os moradores adoram ajudar.

21. Não esqueça de reparar nos artistas de rua e seus shows nas estações de metrô. Os acrobatas que se apresentam no Central Park são particularmente excelentes.

22. Se quiser participar do show de Réveillon, não esqueça de chegar cedo à Times Square e esperar pacientemente.