10 imagens que parecem Photoshop, mas não são

Confira algumas fotografias e obras de arte que parecem querer enganar os sentidos de quem vê

São Paulo – Nem tudo que se vê é o que parece, mas algumas imagens têm um potencial maior de gerar estranhamento. Com um truque de luz, profundidade e boa dose de habilidade, um fotógrafo consegue criar imagens que parecem ter sido alteradas por programas de edição como o Photoshop.

Esse é o caso de Fabrice Wittner, que usou moldes em estêncil para gravar imagens de pessoas luminosas na Nova Zelândia e no Vietnã, parecendo verdadeiros fantasmas na paisagem. O realismo, o surrealismo ou o exagero de uma obra de arte também são pontos que podem fazer com que as pessoas duvidem, nem que seja por alguns segundos de sua visão. Um exemplo é a exposição de Ron Mueck, que aconteceu em 2010, na Austrália, que trouxe gigantes incrivelmente humanos.

Até mesmo uma interferência no meio ambiente paga por um ricaço pode fazer com que os olhos se sintam enganados até pelo Google Earth. A proeza foi feita por Hamad bin Hamdan Al Nahyan, dono da ilha Al Futaisi – ao sul de Abu Dhabi, que mandou construir um canal com a forma de seu home “HAMAD”, que pode ser visto por satélite. Clique nas imagens para ver essas e outras que aparentam ser editadas, mas não foram.