10 casas de escritores para visitar no Brasil e no exterior

Fã de Guimarães Rosa, Jorge Amado, Hemingway ou Neruda? Programe a viagem para locais que refletem a vida e a obra dos escritores

São Paulo – Para inspirar leitores a viajarem não só pelas páginas de seus livros favoritos, mas também na vida real, o buscador de preços de passagens aéreas Skyscanner preparou uma lista com 10 casas de escritores que foram transformadas em pontos turísticos.

Da lista, cinco delas ficam no Brasil e mostram as raízes de Cora Coralina, Jorge Amado, José de Alencar, Guimarães Rosa e Mário Quintana. Portanto, é possível marcar a viagem em um final de semana ou feriado.

As outras cinco casas da lista podem fazer parte de roteiros de viagens ao exterior. Elas mostram a intimidade de Agatha Christie, Ernest Hemingway, Pablo Neruda, Fernando Pessoa e Miguel de Cervantes.

Conheça abaixo cada uma delas:

1) Casa Museu Cora Coralina – Cidade de Goiás, Goiás

Museu Cora Coralina, em Goiás Museu Cora Coralina, em Goiás

Museu Cora Coralina, em Goiás (Museu Cora Coralina/Divulgação)

Uma das maiores escritoras brasileiras, Cora Coralina publicou livros infantis e se destacou pela força e beleza de sua poesia. A casa onde viveu, que hoje é um museu, aparece na obra “Estórias da Casa Velha da Ponte” e também é tema constante em seus poemas, assim como os elementos folclóricos da região onde foi criada.

O museu fica na cidade de Goiás, a 136 km da capital goiana. Para chegar até lá de avião, é possível comprar as passagens aéreas para Goiânia ou para Brasília, que fica a 320 km do local. O museu fica no centro da cidade e os ingressos têm preço único de R$ 10. No site do museu, é possível conferir o horário de funcionamento e outras informações.

2) Casa de Guimarães Rosa – Cordisburgo, Minas Gerais

Casa Guimarães Rosa Casa Guimarães Rosa

Casa Guimarães Rosa (Carlos Lopes/Wikimedia Commons)

Diplomata, contista, novelista e médico, Guimarães Rosa é um dos grandes nomes da Literatura Brasileira, e a casa onde ele nasceu é hoje um museu e importante ponto turístico na cidade mineira. Costuma fazer parte da rota de quem vai visitar a Gruta do Maquiné.

Para quem não mora em Minas Gerais, o primeiro passo é comprar passagens para Belo Horizonte e viajar da cidade até Cordisburgo de carro ou ônibus. São 118 km de estrada, e na linha de ônibus que liga as duas cidades as passagens custam em torno de R$ 50. A entrada do museu é gratuita. Para outras informações, como endereço completo e horário de funcionamento, acesse o site Era Virtual.

3) Casa de Cultura Jorge Amado – Ilhéus, Bahia

Casa Jorge Amado, em Ilhéus Casa Jorge Amado, em Ilhéus

Casa Jorge Amado, em Ilhéus (Prefeitura Municipal de Ilhéus/Divulgação)

Na Bahia, há diversos lugares que os fãs de Jorge Amado podem visitar. Uma de suas casas transformadas em espaço cultural está localizada no centro de Ilhéus. O antigo palacete onde o autor de “Gabriela, Cravo e Canela” viveu foi restaurado e exibe objetos pessoais do escritor. Também tem uma programação voltada à literatura.

Dependendo do aeroporto de origem, é possível encontrar voos diretos para Ilhéus. Outra alternativa é comprar passagens para Porto Seguro (313 km) ou para Salvador (453 km). Para saber mais informações sobre o museu, acesse o site da Prefeitura de Ilhéus.

4) Casa de José de Alencar – Fortaleza, Ceará

Casa de José de Alencar Casa de José de Alencar, em Fortaleza

Casa de José de Alencar, em Fortaleza (Tom Junior/Wikimedia Commons)

Tombada como Patrimônio Histórico e Cultural, na década de 60, a pequena casa onde nasceu o escritor foi restaurada, e no sítio que a cerca são realizadas exposições e outras atividades culturais.

Além de comprar passagens aéreas para Fortaleza, é necessário alugar um carro na capital cearense para visitar o local. Além disso, é possível usar serviços de táxi ou Uber para chegar até o endereço.

5) Casa de Cultura Mário Quintana – Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Casa de Cultura Mário Quintana Casa de Cultura Mário Quintana, em Porto Alegre

Casa de Cultura Mário Quintana, em Porto Alegre (Ricardo André Frantz/Wikimedia Commons)

O edifício histórico pertenceu ao famoso Hotel Majestic, no qual Mário Quintana morou durante muitos anos. Restaurado recentemente, o prédio rosa na rua dos Andradas tem uma réplica do quarto onde viveu o escritor, com objetos pessoais, como cartas.

Além disso, usa seu espaço para homenagear grandes nomes da cultura do Rio Grande do Sul. Tem uma galeria especial com acervo dedicado à cantora Elis Regina.

A casa fica no centro histórico da capital gaúcha. É possível comprar passagens para Porto Alegre e chegar até o museu de ônibus, táxi ou Uber. Depois de visitar o espaço, é possível ver o entardecer às margens do Rio Guaíba. Para mais informações, visite o site da casa.

6) Greenway House, a casa de Agatha Christie – Devon, Inglaterra

Biblioteca de Agatha Christie na Greenway House Biblioteca de Agatha Christie na Greenway House

Biblioteca de Agatha Christie na Greenway House (National Trust/Divulgação)

Na década de 50, a grande escritora de suspense passava suas férias de verão com a família nessa casa. A cidade fica a 260 km de Londres. Nela, o visitante poderá conhecer a biblioteca particular de Agatha Christie e conhecer melhor a sua história por meio de eventos organizados no espaço cultural.

O primeiro passo é comprar passagens para Londres. Da capital inglesa, é possível alugar um carro ou pegar um trem até Devon. Na cidade. pode-se chegar até Greenway Hill de trem, barco ou carro. Os preços do museu variam dependendo da faixa etária, tipo de visitante e temporada. Para saber mais, acesse o site.

7) Casa Fernando Pessoa – Lisboa, Portugal

Casa Fernando Pessoa, em Lisboa Casa Fernando Pessoa, em Lisboa

Casa Fernando Pessoa, em Lisboa (Truque da Banana/Wikimedia Commons)

A casa expõe objetos pessoais do escritor e realiza eventos variados, como oficinas, exposições e leitura dramática.

Depois de comprar passagens para Lisboa, basta pegar um táxi ou Uber, já que não há ônibus que circule pela região e a estação de metrô mais próxima fica a 30 minutos de caminhada do local.

Atualmente, o bilhete inteiro para visitar a casa custa €3, mas há descontos para estudantes, crianças, idosos e outras tarifas especiais de acordo com o horário, tipo de visita, dia e perfil de visitante.

Acesse o site para conferir a programação, horários de funcionamento e tipos de tour disponíveis.

8) Casa Museu Hemingway – Havana, Cuba

Ernest Hemingway foi um escritor norte-americano que entrou para o rol de grandes nomes da literatura graças a clássicos como “O Velho e o Mar”. A casa onde morou de 1939 a 1960 com sua família, em um bairro da capital cubana, se tornou um museu com exposições e atividades.

A casa fica em San Francisco de Paula, a 20 minutos de carro do centro da cidade. Depois de comprar passagens para Havana, alugue um carro ou vá de táxi pela Carretera 6. Acesse o site para saber mais informações.

9) Casa Miguel de Cervantes – Valladolid, Espanha

Casa Cervantes Casa Cervantes

Casa Cervantes (Nicolás Pérez Gómez/Wikimedia Commons)

O edifício que abriga o Museu Miguel de Cervantes é uma reconstrução de apenas uma das casas onde teria vivido o escritor espanhol. O autor do clássico “Dom Quixote” viveu ali durante três anos.

O museu fica no centro de Valladolid. A sugestão é comprar passagens para Madri e de lá seguir de trem até a cidade. Para conferir informações como horário de funcionamento, programação e preços, acesse o site.

10) La Sebastiana, Casa de Pablo Neruda – Valparaíso, Chile

La Sebastiana, casa de Pablo Neruda em Valparaíso La Sebastiana, casa de Pablo Neruda em Valparaíso

La Sebastiana, casa de Pablo Neruda em Valparaíso (Rodrigo Fernández/Wikimedia Commons)

A casa, onde o poeta passou o seu último Réveillon, em 1973, exibe objetos pessoais.

Valparaíso fica a 120 km da capital chilena. Após comprar passagens para Santiago e ir até a cidade portuária de carro ou ônibus. Veja outras dicas e informações importantes, como horários e preços, no site oficial da casa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s