Alpinista suíço Ueli Steck morre durante treino no Monte Everest

Conhecido como "Máquina Suíça", por seu ritmo nas escaladas, Steck era detentor de diversos recordes de velocidade em escaladas

Katmandu – Uma tragédia chocou o mundo do alpinismo neste domingo. Considerado um dos maiores nomes do esporte nos últimos anos e dono de diversos recordes, o suíço Ueli Steck morreu enquanto treinava no Monte Everest. As causas do falecimento ainda não foram determinadas.

“Ueli Steck morreu enquanto tentava escalar o Monte Everest. Sua família foi informada da morte hoje. As circunstâncias exatas são desconhecidas no momento. A família está infinitamente triste e pede à imprensa para não gerar especulações sobre a morte em respeito a Ueli”, divulgou a assessoria do atleta.

Conhecido como “Máquina Suíça”, por seu ritmo nas escaladas, Steck era detentor de diversos recordes de velocidade em escaladas. Ele ficou perto da morte diversas vezes ao longo carreira, até falecer neste domingo durante uma aclimatação no Monte Everest, que pretendia escalar, ao lado da Montanha Lhotse, também no Himalaia, no mês que vem.

Um grupo de seis alpinistas resgatou o corpo de Steck já neste domingo. Ele será encaminhado a um hospital, para que sejam determinadas as causas da morte, e posteriormente será levado a um aeroporto próximo para que a família possa realizar o velório nos próximos dias.