Vendas de smartphones sobem 49% no 3o trimestre, diz IDC

Venda de celulares inteligentes no Brasil subiu para 15,1 milhões de unidades

São Paulo – A venda de celulares inteligentes no Brasil subiu 49 por cento entre julho e setembro de 2014 frente ao mesmo período do ano passado, para 15,1 milhões de unidades, informou nesta segunda-feira a consultoria IDC Brasil. Na comparação com o segundo trimestre, o crescimento foi de 11 por cento.

“Os smartphones não foram impactados pelos problemas que afetaram outros mercados, e a tendência é que mais um recorde seja quebrado no próximo trimestre”, disse em comunicado Leonardo Munin, analista de pesquisas da IDC Brasil. Segundo ele, a queda no valor dos aparelhos têm contribuído para a popularização dos smartphones.

“No começo de 2011, o ticket médio dos aparelhos estava em 900 reais. No segundo trimestre deste ano, caiu para 700 reais e, entre julho e setembro de 2014, a média de preços ficou em 590 reais”, disse.

Para o analista, o comportamento das redes varejistas também influi nas vendas. “O consumidor tem familiaridade com as grandes lojas, sente segurança para realizar o negócio e ainda conta com crédito fácil”.

De acordo com o analista do IDC, os aparelhos intermediários (de 450 até 900 reais) ultrapassaram os de entrada (até 400 reais) e já representam metade do mercado brasileiro. O analista também lembrou o aumento do número de fabricantes no mercado. “Em apenas quatro anos, quase quadruplicou esse número — passou de 55, em 2010, para 194, em 2014”, disse.