Venda de motos cai 6,7% na 1ª quinzena no mês, diz Abraciclo

Segundo a entidade, dados do Renavam apontam que, nos dez primeiros dias úteis deste mês, foram emplacadas 50.838 unidades

São Paulo – A venda de motocicletas novas na primeira quinzena de junho caiu 6,7% na comparação com a primeira metade de maio e recuou 6,9% frente igual período do ano passado, divulgou nesta quinta-feira, 18, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Segundo a entidade, dados do Renavam apontam que, nos dez primeiros dias úteis deste mês, foram emplacadas 50.838 unidades.

O fraco desempenho das vendas de motos, aliado à queda do poder de compra das famílias, alta do desemprego e esfriamento das concessões de crédito ao setor automotivo, levou a Tendências Consultoria Integrada a revisar para baixo sua projeção para emplacamentos neste ano.

A consultoria prevê agora que os licenciamentos de motocicletas vão cair 6,8% em 2015 ante 2014, projeção mais pessimista do que o recuo de 5% estimado até então.