Usinas que renovaram concessões terão revisão de cotas

A medida tem objetivo de calibrar o rateio dessa eletricidade entre as distribuidoras conforme a demanda projetada para 2015, 2016 e 2017

Brasília – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na tarde desta terça-feira, 25, a revisão de alocação das cotas de garantia física para a energia das usinas hidrelétricas cujas concessões foram renovadas antecipadamente dentro do pacote de redução do preço da energia lançado pelo governo no fim de 2012.

A medida tem objetivo de calibrar o rateio dessa eletricidade entre as distribuidoras conforme a demanda projetada para 2015, 2016 e 2017.

A revisão, entretanto, não incluiu a energia da Usina de Jaguara, que, apesar de já ter o prazo da concessão vencido, ainda é parte de uma disputa judicial entre o governo federal e a Cemig.

A companhia mineira conseguiu uma liminar para continuar operando a usina e luta na Justiça pela renovação automática desse contrato.