UE estima menor crescimento do Reino Unido em 2017 e 2018

Projeções do órgão da UE também apontam para uma maior inflação e mais desemprego no país

Londres – A Comissão Europeia afirmou nesta quarta-feira esperar que a economia do Reino Unido cresça mais lentamente, conforme o país negocia com a União Europeia sua saída do bloco. Além disso, as projeções do órgão da UE apontam para uma maior inflação e mais desemprego no país.

A Comissão Europeia disse, em suas projeções de outono, que antecipa um crescimento anual de 1,0% no Reino Unido em 2017, abaixo dos 1,9% deste ano, com a incerteza sobre os laços do Reino Unido e a UE, o que deve pesar nos gastos e nos investimentos. Em maio, a Comissão Europeia projetava 1,8% de crescimento em 2016 e 1,9% em 2017.

O crescimento deve acelerar levemente em 2018, para 1,2%. Já a inflação deve atingir 2,5% em 2017 e 2,6% em 2018, acima da meta de 2,0% da meta do Banco da Inglaterra (BoE), em meio a uma pressão sobre os preços ocasionada pela queda da libra.