UE estão monitorando a saúde do MPS e outros bancos italianos, diz fonte

Todos os anos, a Comissão Europeia realiza uma análise dos planos orçamentários e faz recomendações aos governos da União Europeia

Roma – A saúde do Banca Monte dei Paschi di Siena e outros bancos italianos tem sido discutida por autoridades da União Europeia durante as reuniões de rotina com autoridades italianas esta semana, disseram duas fontes à Reuters.

“A Comissão Europeia está monitorando de perto o impacto da crescente disparidade entre os rendimentos dos títulos italianos e alemães sobre os bancos italianos”, disse uma fonte da Comissão, acrescentando que o banco central da Itália planeja publicar uma avaliação do impacto dos rendimentos.

“Durante a visitas deles à Itália, as autoridades da UE discutiram a situação do MPS e de outros bancos”, disse uma fonte do governo italiano.

 

 

Todos os anos, a Comissão realiza uma análise detalhada dos planos orçamentários, reformas macroeconômicas e estruturais de cada país. Em seguida, fornece aos governos da UE recomendações específicas por país para os próximos 12 a 18 meses.

O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, alertou na quinta-feira que uma recente venda de títulos do governo italiano deve prejudicar o capital dos bancos italianos, que detêm cerca de 375 bilhões de euros do papel.