UE destinará 175 milhões de euros adicionais em ajudas à Somália

Com a nova ajuda, o programa da Comissão Europeia para o país contará com um total de 387 milhões de euros

Bruxelas – A Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) destinará 175 milhões de euros, que se somam aos 212 milhões já previstos, ao programa de assistência à Somália até 2012, informou o bloco nesta sexta-feira em comunicado.

Desta forma, o programa quinquenal 2008-2012 da Comissão Europeia para a Somália contará com um total de 387 milhões de euros.

“A Somália atravessa uma grave crise humanitária e, embora a seca seja a situação atual, suas causas são os problemas estruturais que afetam esse frágil Estado”, disse o comissário de Desenvolvimento da UE, Andris Piebalgs.

A Somália e outros países da região do Chifre da África estão imersos em uma grave crise humanitária por causa da seca e da fome.

Segundo o executivo da UE, as ajudas europeias se concentrarão em “Somalilândia, Puntlândia e outras regiões nas quais já foram estabelecidas condições viáveis de segurança e níveis mínimos de governança”.

Além disso, uma parte dos fundos financiará programas humanitários na Somália Central.

Estes programas têm como objetivo melhorar o sistema educacional do país, construir infraestruturas econômicas e fomentar o bom funcionamento das instituições públicas e do Estado de Direito.