Trump nega que tarifas sejam problema para os EUA e acusa Fed

"Não temos um problema de tarifas (...) Temos um problema do Fed", tuitou o presidente americano

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, negou nesta sexta-feira (30) que a guerra comercial com a China esteja prejudicando a economia de seu país e culpou o Federal Reserve (Fed) por permitir um dólar forte que torna as exportações americanas menos competitivas.

“Não temos um problema de tarifas (…) Temos um problema do Fed”, tuitou Trump, referindo-se ao Banco Central americano.

Segundo ele, à medida que o euro cai frente ao dólar, isso gera “uma grande vantagem de exportação e fabricação” para outros mercados, enquanto as tarifas instauradas por seu governo se ocupam dos “atores maus e/ou injustos”.

Nos últimos dias, várias organizações profissionais advertiram o presidente americano contra os nefastos efeitos das tarifas adicionais sobre produtos importados da China, que devem entrar em vigência em 1º de setembro.

Com frequência e com virulência, Trump acusa o Fed de “frear” a economia. Nesta sexta, porém, o presidente mirou em um novo alvo e se voltou para as empresas que se queixam das tarifas, afirmando que são administradas por incompetentes.

“As empresas mal administradas e fracas culpam ardilosamente estas pequenas tarifas, em vez de (culparem) a si mesmas por uma má gestão… São apenas desculpas!”, tuitou.