Trump nega possibilidade de suspensão de tarifas em negociação com a China

As coisas estão indo muito bem com a China e com o comércio, disse o presidente americano

Nova York – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste sábado que relatos de que as negociações comerciais com a China incluiriam a suspensão de tarifas impostas ao país asiático não são verdadeiros. O presidente se referiu a essas tarifas como “sanções”.

“As coisas estão indo muito bem com a China e com o comércio”, disse Trump a repórteres. “Houve alguns relatos falsos sobre sanções sendo removidas. Levamos enormes quantias de dinheiro para os Estados Unidos por causa das sanções e vamos ver como as coisas avançam. E, se fizermos um acordo, certamente não teremos sanções”, disse o presidente, expressando otimismo com o progresso das discussões.

O Wall Street Journal informou na quinta-feira, citando fontes familiarizadas com o assunto, que a ideia de suspender tarifas em parte ou totalmente foi proposta pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, em uma série de reuniões estratégicas.

A reportagem acrescentou que o representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, está preocupado que qualquer concessão possa ser vista como um sinal de fraqueza. As questões comerciais foram apontadas como o maior obstáculo para altas nos mercados de ações em 2019, e a possibilidade de remoção de tarifas levou os índices de ações a máximas na quinta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.