Trump critica o Fed por não reduzir as taxas como o BCE

Trump afirmou que as exportações americanas são prejudicadas pelas medidas adotadas na Europa

O presidente americano Donald Trump lamentou em um tuíte, nesta quinta-feira, que o Federal Reserve não reduz as taxas de juros tão rápido quanto o Banco Central Europeu (BCE).

Reagindo à redução da taxa de depósito do BCE, Trump disse que as autoridades europeias “estão tentando e conseguindo, ao desvalorizar o euro frente a um dólar muito forte, prejudicando as exportações dos EUA”.

“E o Fed só parado, parado, parado. Eles são pagos por pedir dinheiro emprestado, enquanto nós pagamos juros!”, enfatizou.

O Banco Central Europeu (BCE) reduziu nesta quinta-feira, pela primeira vez desde março de 2016, sua taxa de depósito, que remunera o dinheiro depositado pelos bancos na instituição, uma medida para estimular a economia tão esperada pelos mercados. A taxa de depósito, que já era negativa, passou de -0,40% para -0,50%.

Em paralelo, o BCE manteve sua principal taxa de juros (0%) e a taxa da linha de crédito (0,25%) inalterada.