Trump adia alta de tarifas sobre produtos chineses para 15 de outubro

Decisão dos Estados Unidos ocorre depois que a China isentou mercadorias americanas de taxas antes mesmo de negociações

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na noite desta quarta-feira que decidiu, “como um gesto de boa vontade”, adiar a elevação de tarifas de 25% para 30% sobre US$ 250 bilhões em produtos da China de 1º de outubro para 15 de outubro. O anúncio foi feito em mensagens pelo Twitter.

Trump comentou que decidiu tomar a decisão a pedido de Liu He, vice-premiê chinês, e diante do fato de que a República Popular da China estará celebrando seu 70º aniversário em 1º de outubro.