Transposição do Paraíba do Sul deve custar R$ 90 milhões

O projeto é um dos arranjos previstos pelo governo estadual no Plano Diretor de Aproveitamento de Recursos Hídricos para a Macrometrópole Paulista

São Paulo – O projeto de captar água da bacia do Rio Paraíba do Sul, na região do Vale do Paraíba e abastecer o Sistema Cantareira deve custar cerca de R$ 90 milhões e só será concluído em 15 meses.

Segundo o Estado apurou, a obra será executada integralmente com o dinheiro do governo do Estado e será anunciada na tarde desta quarta-feira, 19, pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB)

Como o Rio Paraíba do Sul é federal – banha os Estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro -, o governo paulista precisa de autorização da Agência Nacional de Águas (ANA) para executar a obra.

O projeto de transposição enfrenta resistência de técnicos e prefeitos da região do Vale do Paraíba e de municípios do Rio.

O projeto é um dos arranjos previstos pelo governo estadual no Plano Diretor de Aproveitamento de Recursos Hídricos para a Macrometrópole Paulista, que começou a ser produzido em 2008 com objetivo de analisar alternativas de novos mananciais para o suprimento de água até o ano de 2035.