Taxa de desemprego nos EUA chega a 6,3%, a menor desde 2008

A economia americana criou 288.000 empregos em abril, mostrando mais sinais de recuperação

São Paulo – A economia americana fechou o mês de abril com a menor taxa de desemprego desde setembro de 2008: 6,3%. No mês, foram criados 288.000 empregos, anunciou o Departamento do Trabalho do país. 

Este número está bem acima do previsto por analistas. Economistas americanos já esperavam bons resultados para o mês de abril, já que as temperaturas mais altas incentivaram o consumo e os negócios. 

Eles consideravam, porém, que o aquecimento momentâneo da economia fosse criar até 218.000 novos empregos, 70.000 abaixo do que ocorreu.

O cálculo do Departamento do Trabalho é baseado em duas pesquisas com entrevistas: uma nas casas da população e a outra nos estabelecimentos, que incluem agências governamentais e negócios privados, como fábricas, escritórios e lojas.

Os relatórios mensais são considerados mais um retrato momentâneo da situação dos Estados Unidos do que uma demonstração da real tendência da economia do país, já que são afetados por variáveis como o clima. 

Uma série de meses bons, porém, pode ser um sinal de que a economia norte-americana está se distanciando cada vez mais da crise que a assolou em 2008.