Taxa de desemprego do Japão cai para 4,2% em agosto

O índice ajustado sazonalmente caiu para 4,2 por cento em agosto, ante 4,3 por cento em julho

Tóquio – A taxa de desemprego do Japão caiu levemente em agosto, sinalizando que os gastos com a reconstrução do país têm ajudado a sustentar o mercado de trabalho, embora a incerteza sobre a saúde da economia global e um iene valorizado provavelmente manterão as empresas cautelosas nas contratações.

O índice ajustado sazonalmente caiu para 4,2 por cento em agosto, ante 4,3 por cento em julho, mostraram dados do Ministério de Assuntos Internos na sexta-feira (horário local). A mediana das estimativas de analistas apontava para um índice de 4,3 por cento.

A relação candidato-vaga ficou estável em relação a julho, a 0,83, dentro das estimativas.

A oferta de novos empregos caiu 0,1 por cento em agosto na comparação ao mês anterior e ainda era 10,5 por cento superior em relação ao mesmo mês do ano passado.