Suíça investiga bancos por possível manipulação de divisas

Bancos são suspeitos de terem coordenado suas posições no mercado de divisas para influir nos juros de câmbio.

Genebra – As autoridades da Suíça investigarão quatro bancos do país e outros quatro, europeus e americanos, suspeitos de terem coordenado suas posições no mercado de divisas para influir nos juros de câmbio.

UBS e Credit Suisse, os dois bancos mais importantes da Suíça, o Banco Cantonal de Zurique e o Julius Baer serão investigados pela Comissão de Concorrência da Suíça.

Os americanos JP Morgan Chase e Citigroup, e os britânicos Barclays Bank e Royal Bank of Scotland, também serão questionados formalmente.