SP teve aumento de 0,32% no custo de vida em julho

O custo de vida na capital paulista é mensurado pelo Índice do Custo de Vida da Classe Média (ICVM), calculado pela Ordem dos Economistas de São Paulo

São Paulo – O custo de vida das famílias paulistanas se elevou em 0,32% em julho, de uma taxa de 0,14% no mês anterior, e encerrou o período de 12 meses terminados no mês passado com uma taxa de 6,61% – acima, portanto, do teto da meta de inflação previsto para o país neste ano, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O custo de vida na capital paulista é mensurado pelo Índice do Custo de Vida da Classe Média (ICVM), calculado pela Ordem dos Economistas de São Paulo.

Por grupos, as altas foram registradas em Habitação (0,55%), Transportes (0,09%), Despesas Pessoais (0,54%), Saúde (0,72%) e Educação (0,25%). As quedas foram registradas em Alimentação (-0,15%) e Vestuário (-0,08%).

O ICVM mede o custo de vida de famílias que recebem de 10 até 39 salários mínimos, e abrange cerca de 20% da população da Cidade de São Paulo e 40% da massa consumidora.

Dos 468 produtos pesquisados, 286 ou 61% aumentaram, 38 ou 8% permaneceram estáveis e os restantes 144 ou 31% caíram.

Em relação ao mês anterior (66% em alta) o índice apresentou uma desaceleração.