S&P reafirma rating da Alemanha em AAA, com perspectiva estável

De acordo com a agência, a nota de crédito soberana da Alemanha é apoiada "pelo forte quadro institucional do país e pelo sistema político estável"

São Paulo – A agência de classificação de risco S&P Global reafirmou o rating da Alemanha em AAA e manteve a perspectiva estável.

Em comunicado divulgado nesta sexta-feira, a agência diz esperar que o crescimento acima do potencial permita à Alemanha continuar acumulando amortecedores fiscais e externos, protegendo a economia de choques adversos.

De acordo com a S&P, a nota de crédito soberana da Alemanha é apoiada “pelo forte quadro institucional do país e pelo sistema político estável, apesar das prolongadas conversas da coalizão que duraram quase seis meses”.

Além disso, a agência aponta que a perspectiva estável “reflete nossa visão de que, nos próximos dois anos, as finanças públicas e o sólido balanço externo da Alemanha continuarão a resistir a potenciais choques financeiros e econômicos em todos os cenários prováveis”.

A S&P espera que esses fatores positivos irão manter o índice líquido da dívida pública contido e irão sustentar “a formidável posição de credor externo da economia em uma estimativa de 63% do PIB”.

A S&P diz, ainda, que poderia rebaixar os ratings da Alemanha “se observássemos uma tendência de crescimento significativamente mais fraca do que esperamos atualmente, traduzindo-se em uma acentuada deterioração das finanças públicas” ou se a agência perceber um enfraquecimento do programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) do Banco Central Europeu (BCE).