Setor privado da Alemanha ganha ritmo em janeiro

O índice que acompanha o setor de serviços da economia alemã avançou para 53,7, ante 52,4 em dezembro, no maior nível em sete meses

Berlim – O setor privado da Alemanha expandiu-se em janeiro no ritmo mais rápido desde junho, mostrou uma pesquisa nesta sexta-feira, mas as novas encomendas recuaram pelo sexto mês seguido, apontando mais desaceleração para a principal economia da Europa.

O índice composto de gerentes de compras do Markit, uma espécie de sinalizador do desempenho da maior economia da Europa que combina os setores de serviços e manufatureiro, subiu para uma leitura final de 53,9, pouco abaixo da estimativa preliminar, mas bem acima da linha de 50, que separa contração de expansão.

O índice que acompanha o setor de serviços da economia alemã avançou para 53,7, ante 52,4 em dezembro, no maior nível em sete meses, mas ligeiramente abaixo da leitura preliminar de 54,5.

Muitos economistas esperam pelo menos um trimestre de contração econômica na Alemanha, conforme a demanda global cai e a crise da região afeta os mercados de exportação vizinhos.