Serasa: 52% do varejo espera um Dia da Criança melhor

Para 35% dos 991 empresários entrevistados, o faturamento será igual ao registrado nas vendas do ano passado

São Paulo – Mais da metade (52%) dos empresários do varejo espera aumentar o faturamento do Dia da Criança deste ano em comparação com a mesma data de 2011, aponta pesquisa nacional divulgada nesta sexta-feira pela Serasa Experian. Para 35% dos 991 entrevistados, o faturamento será igual ao registrado nas vendas pelo Dia da Criança do ano passado e para 13% cairá. Na pesquisa feita em 2011, 53% dos varejistas esperavam um faturamento maior, 38% apostaram em estabilidade e 9%, em queda.

Otimismo parecido havia sido verificado no Dia das Mães, quando 56% dos entrevistados esperavam aumento no faturamento. Nas datas seguintes, a boa expectativa havia diminuído: no Dia dos Namorados, 49% acreditavam em alta e no Dia dos Pais 41% previam aumento. “Essa melhora no otimismo do varejista decorre da redução das taxas de juros e dos estímulos ao consumo estabelecidos pelo governo”, afirma a empresa, em nota divulgada nesta sexta-feira.

As grandes empresas do varejo são mais otimistas porque oferecem condições de parcelamento mais atraentes aos consumidores. De acordo com a pesquisa, 71% dos executivos de grandes negócios do varejo preveem faturamento mais alto neste ano, enquanto nas médias empresas o porcentual é de 59% e nas pequenas, de 52%.

Os produtos mais ofertados na data, diz a pesquisa, deverão ser brinquedos (73%). Segundo previsão dos empresários consultados, 36% dos consumidores vão gastar até R$ 50 e 37%, de R$ 51 até R$ 100.