Senado dos EUA aprova novo orçamento para reabrir o governo

País enfrenta desde a meia-noite de hoje o segundo fechamento administrativo em apenas três semana

Washington – O Senado dos Estados Unidos aprovou, na madrugada desta sexta-feira, um projeto de orçamento para os próximos dois anos, faltando agora o sinal verde da Câmara Baixa, que permitiria a reabertura do governo, em fechamento parcial administrativo.

O projeto recebeu o apoio de grande parte dos democratas e ficou aprovado com 71 votos a favor e 28 contra.

Os Estados Unidos enfrentam desde a meia-noite de hoje o segundo fechamento administrativo em apenas três semanas, depois que o senador republicano Rand Paul bloqueasse a votação, em protesto pelo aumento da despesa e do endividamento fornecidos pelas contas.

Este projeto orçamentário foi acordado esta semana entre os republicanos e a direção democrata e tem o aval da Casa Branca.

“Com toda honestidade, de boa fé, não posso simplesmente olhar para outro lado agora que o meu partido é cúmplice do déficit”, afirmou Paul, em seu discurso no Senado.

“Quando os republicanos estão ao comando – acrescentou -, não há um partido conservador. E muitos dos chamados conservadores perdem a cabeça”.

A proposta aprovada no Senado passa agora pela Câmara dos Representantes, que também deve votá-la ainda nesta madrugada para permitir uma rápida reabertura do governo e desta forma limitar as consequências do fechamento.

Se o Congresso e a Casa Branca aprovarem os fundos antes que a maior parte do aparelho público comece a funcionar, daqui a algumas horas, evitarão que cerca de 800 mil funcionários – os considerados “não essenciais” – tenham que ficar em suas casas suspensos do emprego e salário.