Senado argentino aprova orçamento de 2013

O projeto prevê um crescimento da economia de 4,4% para o ano que vem

Buenos Aires – O Senado da Argentina converteu em lei na madrugada desta quinta-feira o projeto de orçamento de 2013, que já havia sido aprovado pelos deputados e que prevê um crescimento da economia de 4,4%.

A iniciativa, apresentada pelo bloco peronista que apoia a presidente Cristina Kirchner, recebeu 42 votos favoráveis e 23 contrários.

O projeto da chamada “lei de leis” também contempla uma cotação do peso de 5,10 por dólar e uma inflação de 10,8% ao ano.