Sanções dos EUA buscam “asfixiar” a Venezuela, diz Maduro

O governo de Trump assinou decreto que proíbe a realização de negócios com novas emissões de dívida do governo venezuelano e de sua petroleira estatal PDVSA

Caracas – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta sexta-feira que as sanções financeiras impostas pelos Estados Unidos causam “dano” à economia do país já em crise.

O governo de Donald Trump assinou decreto que proíbe a realização de negócios com novas emissões de dívida do governo da Venezuela e de sua petroleira estatal PDVSA.

Segundo Maduro, as sanções buscam “asfixiar” a Venezuela e afetam o fornecimento de petróleo da Venezuela aos EUA.

Maduro convocou uma reunião “urgente” com clientes nos Estados Unidos que compram petróleo venezuelano.