Rússia gasta US$ 4,5 bilhões para sustentar rublo

Moeda russa perdeu cerca de um quarto de seu valor em novembro, aumentando os temores de um movimento de pânico nos depositantes

Moscou – O Banco Central russo gastou na semana passada 4,5 bilhões de dólares para sustentar no mercado de câmbio o rublo, muito afetado pela queda do preço do petróleo.

A moeda russa perdeu cerca de um quarto de seu valor em novembro, aumentando os temores de um movimento de pânico nos depositantes, e o colapso prossegue em dezembro castigado pela queda dos preços do petróleo e pela crise ucraniana.

Nesta terça-feira, o preço do barril de petróleo registrava seu nível mais baixo em cinco anos, e o rublo caía se aproximando do recorde marcado na semana passada: por volta das 08h15 GMT (06h15 de Brasília) se pagavam 54,25 rublos por dólar e 66,98 por euro.

Segundo os dados publicados nesta terça-feira pelo Banco da Rússia, a instituição gastou 700 milhões de dólares na segunda-feira, 1,9 bilhão na quarta-feira e outro tanto na sexta-feira da semana passada para sustentar o rublo.