Rolim: para Previdência ser sustentável, precisamos de capitalização

"A reforma é fundamental para o Brasil, mas não resolve o problema previdenciário como um todo", disse o secretário de Previdência do Ministério da Economia

A reforma da Previdência é fundamental, mas, para o sistema previdenciário brasileiro se tornar de fato sustentável no longo prazo, será preciso implantar uma “camada de capitalização”, afirmou nesta quinta-feira o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim.

“A reforma é fundamental para o Brasil, mas não resolve o problema previdenciário como um todo”, afirmou Rolim, em palestra no Fórum Nacional, organizado pelo economista Raul Velloso, no Rio.

Segundo Rolim, embora a mudança no sistema previdenciário para incorporar o modelo de capitalização seja necessária no longo prazo, a equipe econômica já trabalha em outras medidas. O secretário citou medidas de combate à fraude na concessão de aposentadorias e pensões e na gestão dos sistema, avançando na governança do INSS.

“Porém, para o sistema ser de fato sustentável no longo prazo, viável, precisamos implantar uma camada de capitalização”, afirmou Rolim, citando o “modelo escandinavo” como o melhor. “Aí sim, teríamos uma sinalização para o futuro de que a nossa Previdência de fato vai ser sustentável, protegendo os mais pobres”, completou o secretário.