Riscos à economia mundial aumentaram, alerta G20 Financeiro

Para o ministro chinês das Finanças, o aumento no uso de retórica populista em período eleitoral contra a globalização e o livre comércio gera mais incerteza

O G20 Financeiro alertou nesta sexta-feira, em Washington, que a economia mundial poderá piorar como consequência de uma crescente instabilidade e tensão, generalização do protecionismo e pela existência de sistemas financeiros frágeis, que fazem os riscos aumentarem.

“As incertezas e os riscos que a economia global enfrenta aumentaram, já que algumas economias importantes estão em período de eleições, o Brexit é uma incerteza, a vulnerabilidade do sistema financeiro aumenta e as tensões geopolíticas crescem”, disse o ministro chinês das Finanças, Lou Jiwei.

Além disso, este funcionário chinês de alto escalão disse que o aumento no uso de uma retórica populista em período eleitoral contra a globalização e o livre comércio gera mais incerteza na economia global.

“Esta tendência de um populismo profundamente antiglobalização levou políticos a usar esta retórica para tentar ganhar apoios. Isso gerou incerteza”, disse.

Embora Lou não tenha mencionado nomes, trata-se de uma evidente referência à retórica utilizada pelo candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, que defende uma revisão dos acordos comerciais de Washington e sugere uma guerra comercial com a China.